Nesta vida não tenho muitas conquistas materiais, porém as histórias são diversas. Quem eu seria sem minhas histórias? Não seria eu.

quinta-feira, 13 de março de 2008

Regras são regras...

Umas das maiores críticas dos holandeses, com relação ao próprio país, é que por aqui existem muitas regras, tudo é muito bem definido, estabelecido, objetivo...
É bastante diferente, pra quem vem do Brasil, ouvir pessoas reclamando disto. Pra nós, acostumados com uma país também de muitas regras, mas onde poucas funcionam, soa muito estranho ouvir reclamações desta natureza, de um lugar onde as crianças são obrigadas a ir a escola entre os 5 e os 18 anos e se elas não forem, os pais respondem judicialmente ao fato. Que se você não tem trabalho e está sem perspectivas, você se inscreve num “Centro de Trabalho e Remuneração” e eles encontrarão um trabalho pra você. Dum lugar onde chegamos à qualquer ponto de ônibus e podemos ver quantos minutos mais temos que esperar. Pra não ficar me alongando muito, vou logo dizendo que nunca tinha compreendido muito bem esta crítica dos holandeses. Porém, há algumas semanas, numa sexta feira, vejo uma reportagem na TV sobre as férias escolares que viriam na semana a seguir.
Neste época do ano, as escolas do país entram em férias por uma semana, pra comemorar a primavera que está pra chegar. Quase todos com filhos na escola, pegam esta semana pra viajar, geralmente rumo as montanhas de Áustria, França ou Itália. Pra fazer valer a história que o país é muito organizado, cada região do país entra de férias numa semana diferente, para que o país todo não vá pra estrada na mesma hora e assim possa continuar funcionando. Infelizmente, os congestionamentos são ainda bem grandes na sexta e no sábado anterior a semana de férias. As estradas ficam lotadas de carros com bagageiros carregados de esquis, snowboards e com pessoas ansiosas pra encontrar a neve nas montanhas.
A tal reportagem mostrava as pessoas que enforcaram um dia do estudo das crianças e foram pra estrada um pouco mais cedo, pra fugir dos congestionamentos e ganhar um dia de férias. As crianças efervescentes... afinal, quem não adoraria trocar um dia todo de aula (as crianças aqui ficam até as 15:30 na escola) por um dia a mais nas montanhas.
Em contrapartida, a mesma reportagem mostrava uma escola, um pouco mais vazia que o normal, na qual a direção afirmava que iria até a casa das crianças que tinham faltado para conferir o motivo da ausência. Caso a família não fosse encontrada e houvessem evidências de que ela teria partido, antecipadamente, pras férias, os pais seriam, devido ao parágrafo blá blá bla, do artigo trá lá lá, da lei sei lá qual, multados em cerca de 200 reais por criança, pois não haviam justificativas reais para os filhos se ausentarem de UM dia de aula. UM DIA!!!! Regras são regras...
Será que daria pra ganhar um dinheirinho extra por aqui??

3 comentários:

Anônimo disse...

See Here or Here

Anônimo disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

Anônimo disse...

See here or here